Siga-nos em

Buscas no site

Ex Assessor Petista é Condenado Por Estupro De Menores
Ex Assessor Petista é Condenado Por Estupro De Menores
Ex Assessor Petista é Condenado Por Estupro De Menores

BRASIL

Ex-assessor petista é condenado por estupro de menores

“Depois de sua prisão, quando se conheceu a extensão de seus crimes, ficou conhecido como o “Monstro da Casa Civil”.

Depois de sua prisão, quando se conheceu a extensão de seus crimes, ficou conhecido como o “Monstro da Casa Civil”.

Eduardo Gaievski, ex-assessor da Casa Civil da Presidência da República durante a gestão de Dilma Rousseff (PT), foi condenado a 11 anos de prisão em regime fechado por estupro de menores. A sentença foi dada pelo juiz Sidnei Dal Moro, da Comarca de Realeza, no Paraná.

O assistente de acusação, advogado Natalício Farias, confirmou a informação ao portal R7. Ele disse ainda que a condenação de Gaievski se soma a outras oito. Por isso, ao todo, o ex-assessor petista está condenado a 112 anos, 6 meses e 28 dias.

– É a nona condenação e todas as condenações foram confirmadas em segundo grau. Ele não conseguiu reverter nenhuma decisão. Ele foi julgado e condenado por 23 vítimas em 38 – explicou o advogado.

Na época em que era subordinado a então ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, Eduardo coordenava programas sociais ligados a menores com foco no combate ao crack e construção de creches. Ele nega as acusações de estupro.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Por determinação da então ministra, comandava as políticas do governo federal para crianças e adolescentes. Ou seja, uma espécie de raposa tomando conta do galinheiro. Depois de sua prisão, quando se conheceu a extensão de seus crimes, ficou conhecido como o “Monstro da Casa Civil”.

Fonte: pleno


Militares dos EUA devem priorizar lésbicas, gays, bissexuais, transgêneros, queer e pessoas intersex na tomada de decisão

Transgênero e YouTuber que trabalha com crianças pequenas em uma creche é acusada de posse de pornografia infantil e imagens de abuso infantil

Juiz do tribunal infantil e ex-presidente da Fundação Drag Queen Story Hour foi preso por acusações de pornografia infantil

Twitter censura ativista conservador por ‘atacar’ pedófilos


Propaganda. Role para continuar lendo.

Veja também

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

BRASIL

João Muniz Leite é suspeito de ser operador de um complexo esquema de lavagem de dinheiro por meio de prêmios da Loteria Federal

Notícias

A paraibana Autêntica Pizzaria virou alvo do MP após campanha para incentivar jovens a tirar o título de eleitor com pedido de voto a...

BRASIL

Alvo era um colégio em Saquarema

BRASIL

O extrato do contrato com a produtora da cantora foi publicado no Diário Oficial

Anúncios