Siga-nos em

Buscas no site

Hospitais Na França São Obrigados A Diminuir A Vacinação Contra Covid Enquanto Os Profissionais Da Saúde Adoecem Em Massa
Hospitais Na França São Obrigados A Diminuir A Vacinação Contra Covid Enquanto Os Profissionais Da Saúde Adoecem Em Massa
Hospitais Na França São Obrigados A Diminuir A Vacinação Contra Covid Enquanto Os Profissionais Da Saúde Adoecem Em Massa

MUNDO

Hospitais Na França São Obrigados A Diminuir a vacinação contra Covid Enquanto Os Profissionais Da Saúde Adoecem Em Massa

“A França Ordena Que Os Hospitais Diminuam a aplicação De “Vacinas” Devido A Lesões Generalizadas”

Quando a “vacina” experimental da Covid foi lançada pela primeira vez no Hospital Universitário de Brest, na Bretanha, surpreendentes 25% dos profissionais de saúde vacinados adoeceram.

Muitos sofriam de fortes dores de cabeça, febre alta, calafrios, dores musculares e, consequentemente, não podiam trabalhar. A taxa de lesões causadas pela vacina foi tão alta que o hospital teve que parar de vacinar os profissionais de saúde.

Essa taxa assustadora de lesões vacinais foi observada pela primeira vez em testes clínicos, mas os problemas nunca foram investigados ou resolvidos. Agora, o dano causado pela vacina está sendo extrapolado para grupos populacionais inteiros, já que a coerção é usada para vacinar o maior número possível de pessoas de uma só vez.

Na pressa de vacinar as pessoas de uma forma coletivista, o consentimento informado e a ética médica estão sendo abandonados à medida que a lesão vacinal se torna um modo de vida normal.

Propaganda. Role para continuar lendo.

A França Ordena Que Os Hospitais Diminuam a aplicação De “Vacinas” Devido A Lesões Generalizadas

Os efeitos na vida real desse experimento médico em massa fizeram com que a força-tarefa de vacinação francesa RETARDASSE a implementação da “ vacina ” da Covid para profissionais de saúde.

Hospitais na França estão agora sendo aconselhados a escalonar o esquema de vacinação para profissionais de saúde que estão na mesma unidade de cuidados. As autoridades francesas também recomendam que os profissionais de saúde tomem paracetamol antes da injeção e dois dias após a injeção.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Quantas drogas as pessoas devem tomar para tolerar ou combater os efeitos negativos da vacina? Não é todo o objetivo da vacinação prevenir doenças, complicações de saúde e visitas ao hospital?

Em vez disso, a submissão da mente e do corpo à vacinação está criando os próprios problemas que a vacinação promete prevenir.

A inoculação em massa de profissionais de saúde usando o Oxford-AstraZeneca teve resultados trágicos. A escassez de pessoal agora está sendo observada nas unidades de terapia intensiva em toda a Europa.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Aproximadamente um em cada cinco jovens são afetados negativamente pela vacina, enquanto a vacina causa deliberadamente sintomas reais de doença que interrompem as atividades diárias de trabalho dos adultos jovens.

Lesão Por Vacina Agora É Aceita Como Sacrifício Normal “Para O Bem Maior”

A cidade da Bretanha não é o único lugar a sofrer um alto índice de lesões causadas pela vacina. As cidades de Quimper, Morlaix, Normandia, Dordonha e Vannes relataram problemas semelhantes em sua equipe de saúde.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Um dos hospitais perdeu metade de seus fisioterapeutas depois que a vacina forçou a equipe a tirar licença médica simultaneamente. A vacina feriu 18% dos profissionais de saúde em Vannes, forçando-os a tirar licença médica.

Os danos são tão imensos que o hospital de Saint-Lô, na Normandia, teve de suspender a campanha de vacinação no dia 11 de fevereiro. No dia anterior, cerca de dez em cada cinquenta trabalhadores vacinados adoeceram, com febre alta e náuseas.

No hospital de Périgueux em Dordogne, a equipe do hospital está boicotando a vacina da AstraZeneca depois de ver um “número considerável” de seus colegas sofrerem de eventos adversos graves após a vacinação.

Propaganda. Role para continuar lendo.

O hospital concordou inicialmente em tolerar uma taxa de lesão por vacina de até dez por cento, mas viu entre 50 e 70 por cento dos trabalhadores vacinados adoecerem!

Por Quanto Tempo As Populações Permitirão Esse Experimento Perigoso?

À medida que a lesão da vacina passa a ser aceita como um sacrifício normal “para um bem maior”, muitas pessoas estão recusando a vacina por motivos de consciência.

Propaganda. Role para continuar lendo.

A vacina Oxford-AstraZeneca foi desenvolvida através da cultura do vírus SARS-CoV-2 em uma linha celular derivada do rim de um bebê abortado.

Como não há garantia de que o processo de purificação remova todo o material de cultura de células da vacina, as empresas de vacinas não podem prometer que o DNA fetal está ausente na formulação final.

Não importa se o DNA do bebê persiste / não persiste na vacina; a maioria das pessoas acha esse processo de usar células fetais abortadas moralmente repulsivo.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Ainda mais repulsivo é que vidas humanas – homens, mulheres e agora crianças – estão sendo tratadas como lixeiras experimentais, coagidas a se submeter a uma ciência “salvadora” que sacrifica mais vida humana, saúde, liberdade e dignidade ao longo do caminho.


REFERÊNCIA: https://france3-regions.francetvinfo.fr/nouvelle-aquitaine/dordogne/trop-d-effets-indesirables-les-hospitaliers-de-dordogne-ne-veulent-pas-se-faire-vacciner-par-%20astra-zeneca-1958278.html


Empresa israelense proíbe funcionários de voltar ao trabalho sem a vacinação contra COVID-19

Israel: ‘Podemos precisar ser vacinados a cada seis meses’

Por Que as Mortes Após A Vacinação contra COVID-19 São Sempre Consideradas Coincidências?

A vacina contra Covid da Pfizer pode não funcionar tão bem se você estiver acima do peso, afirma o estudo


Propaganda. Role para continuar lendo.
Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

MUNDO

Uma mulher do Alasca disse que testou positivo para COVID-19 depois de ter sido totalmente vacinada - e depois de já ter contraído o...

BRASIL

Marilene Saade, mulher do ator, contou que ele tomou as 2 doses da vacina Coronavac; a primeira no dia 9 de fevereiro e a...

Artigos

O coquetel fora utilizado no ano passado, no tratamento do então presidente Donald Trump

Artigos

Este microchip é inserido abaixo da pele. Se você tiver infecção, este chip aciona o sensor.

Anúncios