Siga-nos em

Buscas no site

Sete Ensaios Com Mais De 4 Mil Pacientes Fundamentaram A Recomendação
Sete Ensaios Com Mais De 4 Mil Pacientes Fundamentaram A Recomendação
Sete ensaios com mais de 4 mil pacientes fundamentaram a recomendação Foto: Pixabay/Jorono

BRASIL

OMS faz recomendação de dois novos remédios contra a Covid

Os medicamentos já foram aprovados pela Anvisa

Os medicamentos já foram aprovados pela Anvisa

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomendou nesta quinta-feira (13) a utilização de dois novos medicamentos no tratamento da Covid-19. Ambos já foram aprovados pela Anvisa.

De acordo com artigo publicado na revista médica BMJ por especialistas da OMS, o baricitinibe “é fortemente recomendado para pacientes com Covid-19 grave ou crítico em combinação com corticosteroides”.

O órgão afirma que encontrou evidências de que o baricitinibe “melhorou a sobrevida e reduziu a necessidade de ventilação, sem aumento observado nos efeitos adversos”. No entanto, o medicamento é contraindicado para pessoas sensíveis ao produto e a seus componentes e para mulheres grávidas.

Propaganda. Role para continuar lendo.

O outro medicamento recomendado pela OMS é o sotrovimabe, um anticorpo monoclonal que imita a capacidade do sistema imune de combate ao vírus. Neste caso, o remédio não possui contraindicações e é recomendado para pacientes com Covid leve ou moderada com maior risco de internação.

Os estudos que basearam a indicação foram sete ensaios com mais de 4 mil pacientes com diferentes formas da Covid-19 (leve, moderada e grave).


Brasil deve enfrentar nova onda de Covid, alerta OMS

OMS explica vídeo em que Tedros parece dizer que reforço da vacina “mata crianças”

Nenhum país sairá da pandemia com doses de reforço, diz OMS

Vacinado com três doses, Moro revela que está com Covid-19


Propaganda. Role para continuar lendo.
1 Comment

1 Comment

  1. Mauro Costa

    15/01/2022 em 8:54 am

    Hipócritas!
    Tudo a base de Ivermectina que trucidaram o uso desse medicamento para favorecer essas picadas genéticas sem nenhuma comprovação científica qto a segurança e eficácia!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

BRASIL

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou a comercialização do Spray Nasal Taffix que promete proteger contra as infecções

BRASIL

Agência confirmou que um novo caso foi registrado em Pernambuco

Artigos

Produto serve como um tratamento preventivo e complementar

MUNDO

Ministra da Saúde chegou a sugerir que pode parar de contar os casos

Anúncios