Siga-nos em

Buscas no site

Secom Debocha Da Folha De SP E Aponta Sinais De Despiora
Secom Debocha Da Folha De SP E Aponta Sinais De Despiora
Secom Debocha Da Folha De SP E Aponta Sinais De Despiora

Notícias

Secom debocha da Folha de SP e aponta sinais de “despiora”

Órgão elencou avanços econômicos no país de forma bem-humorada

Órgão elencou avanços econômicos no país de forma bem-humorada

A Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom) alfinetou a Folha de S.Paulo, após o termo “despiora” ser usado em uma matéria do periódico para suavizar o reconhecimento de melhoras econômicas no Brasil.

Em publicação nas redes sociais, o órgão do governo brincou com o “malabarismo linguístico” e aproveitou para divulgar os avanços econômicos.

– Agora, desinfelizmente, vamos falar de mais sinais de despiora do Brasil: PIB de 1,2% no 1º trimestre volta ao patamar pré-Covid. Saldo positivo de quase 1 milhão de empregos em 2021, de janeiro a abril. Saldo positivo de empregos em 9 dos últimos 10 meses. Balança comercial bate recorde: melhor maio da história (+US$ 9,29 bilhões). Sanção presidencial torna permanente o Pronampe, programa que ajudou a preservar milhões de empregos. Presidente envia projeto ao Congresso para liberar crédito de R$ 1,9 bilhão a empresas. Navegação fluvial cresceu 20,7% em 2020. Correios registram maior lucro dos últimos 10 anos (R$ 1,53 bilhão) – enumerou a Secom.

A Secretaria falou ainda sobre as medidas de combate aos efeitos da pandemia da Covid-19 na economia brasileira.

Propaganda. Role para continuar lendo.

– Em 2019, o Brasil começou sua retomada, seu processo de “despiora”, com geração de empregos, captações recordes de investimentos e ações para facilitar a vida de quem trabalha. O mundo todo sentiu os efeitos do coronavírus. Mas o Brasil reagiu. Milhões de vidas foram salvas. Sempre fomos um dos países que mais investiu no combate à Covid, segundo o FMI. Milhões de empregos foram mantidos e gerados. E o Auxílio Emergencial garantiu a dignidade de milhões de brasileiros. E vamos despiorar cada vez mais nosso Brasil! – finalizou a entidade.

A expressão inexistente nos dicionários de língua portuguesa foi utilizada pela primeira vez na Folha de S.Paulo em julho do ano passado. Desta vez, porém, o termo foi destacado diretamente no título do artigo Economia dá mais sinais de despiora.

No texto, o jornalista Vinicius Torres Freire aponta o desempenho acima do esperado nas vendas no comércio, na receita de impostos e no PIB trimestral, mas elenca argumentos para minimizá-los.

A “nova” palavra não passou despercebida por internautas e está entre os assuntos mais comentados do Twitter nesta quarta-feira (9).

Propaganda. Role para continuar lendo.

Planalto reage a artigo da The Economist que faz Apologia ao homicídio do presidente

FHC agora defende CPI, mas fez o diabo para impedir investigações do seu governo

PIB cresce forte, previsão é de 5% este ano e pode chegar a 7% em 2022

Queiroga diz em CPI que Brasil não está na terceira onda da pandemia


Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

BRASIL

Ex-presidente da Câmara dos Deputados protagonizou embates públicos com o presidente da sigla

BRASIL

Dessas pessoas, duas tinham recebido apenas a 1ª dose da AstraZeneca, 11 as duas doses da AstraZeneca e 31 pessoas tinham recebido as duas...

BRASIL

Mente tortuosa da petista considerava que a miséria poderia ser solucionada por decreto

BRASIL

Jornalista da Jovem Pan criticou a postura do âncora do Jornal Nacional, da Rede Globo de Televisão, William Bonner

Anúncios