Siga-nos em

Buscas no site

Brasileiro Com Varíola Dos Macacos Recebe Alta Foto Arquivo Pessoal
Brasileiro Com Varíola Dos Macacos Recebe Alta Foto Arquivo Pessoal
Brasileiro Com Varíola Dos Macacos Recebe Alta Foto Arquivo Pessoal

BRASIL

Varíola dos macacos: Primeiro brasileiro infectado recebe alta

Anderson Ribeiro, de 41 anos, ficou 14 dias isolado no Instituto de Infectologia Emílio Ribas, em São Paulo

Anderson Ribeiro, de 41 anos, ficou 14 dias isolado no Instituto de Infectologia Emílio Ribas, em São Paulo

O primeiro brasileiro diagnosticado com a varíola dos macacos recebeu alta médica na manhã desta segunda-feira (20). Anderson Ribeiro, de 41 anos, ficou 14 dias isolado no Instituto de Infectologia Emílio Ribas, em São Paulo.

– Estou me sentindo muito bem. Farei, futuramente, um retorno de acompanhamento – disse, em entrevista ao G1.

Ribeiro, que é gerente de RH, sentiu os primeiros sintomas da doença no final de maio, logo após retornar de uma viagem à . O diagnóstico, no entanto, foi confirmado pelo Instituto Adolfo Lutz no dia 9 de junho.

– Minha viagem foi por um motivo tão lindo, que era levar minha mãe para conhecer a Europa e comemorar o aniversário dela lá. Ela amou – completou.

A mãe dele está bem, sendo monitorada, assim como todas as pessoas que tiveram contato com o paciente. Já Anderson contou que todas as suas feridas já cicatrizaram.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Atualmente, o Brasil registra oito casos confirmados da doença, sendo que quatro estão no estado de São Paulo.

A OMS disse que a varíola dos macacos traz um “risco moderado” para a saúde pública mundial depois que casos foram relatados em países onde a doença não é endêmica.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Veja também

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

BRASIL

Presidente e ator voltaram a debater sobre questões ambientais no Twitter

BRASIL

Cerca de 95% das infecções ocorreram por contato sexual, segundo estudo

BRASIL

Tedros Adhanom disse que países com cobertura vacinal abaixo de 70% ainda podem sofrer pressão nos sistemas de saúde

BRASIL

Entidade está em alerta para o avanço da doença no país

Anúncios