Siga-nos em

Buscas no site

Senador Renan Calheiros
Senador Renan Calheiros
Senador Renan Calheiros Foto: EFE/Fernando Bizerra Jr.

Notícias

Vergonha: Perfil de Calheiros comete gafe e responde ao próprio post

Episódio ocorreu nesta quinta-feira

Episódio ocorreu nesta quinta-feira

Nesta quinta-feira (21), o perfil do senador Renan Calheiros (MDB-AL) apareceu comentando o próprio post. A gafe foi registrada no Twitter, após uma publicação que criticava o presidente (PL).

Em um primeiro tuíte, Calheiros reagiu a uma matéria do jornal Le Monde, da França, a respeito de .

foi preso para não ser eleito. Bolsonaro quer ser eleito para não ser preso – comentou o senador.

Em seguida, o próprio perfil de Renan Calheiros reagiu com um novo comentário.

Propaganda. Role para continuar lendo.

– Boa senador – respondeu.

O caso chamou a atenção de outros usuários da rede social, e o post acabou sendo apagado.


Veja também

5 Comentários

5 Comentários

  1. THELMA DORTA JARDIM

    22/07/2022 em 1:18 pm

    Toma um gole de vergonha Calheiros! Quem precisa ser senador para não ser preso?

  2. Eldilene Cabral

    22/07/2022 em 12:55 pm

    Preso porque senador ladrão! Que crime que o presidente Jair Messias cometeu? Explique aí? Quem deveria estar preso era o sr pra deixar de estar falando asneira seu sem vergonha, velho sábado, você sua turma não nos representa., se corrupto nojento.

  3. Elizabete Rodrigues do Nascimento

    22/07/2022 em 12:17 pm

    Ptzada enlouquecida

  4. Edgard Castro

    22/07/2022 em 11:57 am

    🤣🤣🤣🤣🤣🤣

  5. Walter Helmiton Barbosa

    22/07/2022 em 11:16 am

    Renan, o Calhorda, Coronel do Nordeste, esqueceu que o Brasil não vive mais a era do Cangaço.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

BRASIL

Ex-presidente foi convidado para uma entrevista no podcast

BRASIL

Homem é petista e leciona na rede estadual do Ceará

BRASIL

Cassação ou não do vereador será definida pelo plenário da Câmara na próxima terça

BRASIL

Empresário convidou seus seguidores a assinarem o manifesto do presidente

Anúncios