Siga-nos em

Buscas no site

Presidente Da Argentina, Alberto Fernández Foto EFE Juan Mabromata
Presidente Da Argentina, Alberto Fernández Foto EFE Juan Mabromata
Presidente da Argentina, Alberto Fernández Foto: EFE/Juan Mabromata

MUNDO

Argentina fala em tratar Covid como uma “gripe comum”

Ministra da Saúde chegou a sugerir que pode parar de contar os casos

Ministra da Saúde chegou a sugerir que pode parar de contar os casos

A ministra da Saúde da Argentina, Carla Vizzotti, sugeriu que a Covid-19 poderá começar a ser tratada como uma “gripe comum”.

Segundo notícias da imprensa local, publicadas nesta segunda-feira (10), o governo argentino analisa dar fim às medidas de isolamento obrigatório para aqueles que tiveram contato com pessoas que testaram positivo para a Covid-19.

Segundo o jornal La Política Online, empregadores pedem o fim da medida, alegando que ela é usada de forma abusiva por funcionários que aderem ao isolamento para não ir trabalhar.

Propaganda. Role para continuar lendo.

– É algo que está sendo analisado, mas quero enfatizar que não é porque um setor econômico pediu, pois esse é o olhar que se está tendo atualmente. Na Espanha, eles estão considerando até mesmo classificá-la [a Covid-19], como uma gripe comum – disse a ministra ao canal de TV argentino Todo Noticias.

No mesmo tom do primeiro ministro da Espanha, Pedro Sánchez, Vizzotti disse estar analisando se a pandemia está regredindo para uma endemia.

– É um momento de transição. Estamos definindo se estamos entrando na endemia, e isso é uma mudança de paradigma muito grande para a população. Depois de vir com uma dinâmica de cautela desde a chegada da variante Delta, mudá-la é um desafio – disse a ministra.

Carla Vizzotti falou ainda sobre a possibilidade de parar de contar os casos.

– O que se vê na evolução da doença, que realmente é como a catapora, a gripe ou este tipo de doença, é que, na transição para a endemia, não é necessário testar todos os casos e que o isolamento tem outro papel. Quer dizer, ele perde o valor para controlar a doença – declarou a ministra.


Bolsonaro coloca petista no lugar dele: Argentina só ajudará Bahia via governo federal

‘Estão distorcendo a resposta do governo brasileiro’, diz embaixador da Argentina

Bolsonaro diz porque recusou ajuda da Argentina para a Bahia

Socialismo: Crise na Argentina faz governo aumentar tarifas de luz e gás


Propaganda. Role para continuar lendo.
Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Artigos

Estudo é da Universidade de Bristol, no Reino Unido

BRASIL

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou a comercialização do Spray Nasal Taffix que promete proteger contra as infecções

BRASIL

Os medicamentos já foram aprovados pela Anvisa

MUNDO

Presidente havia projetado um aumento de apenas 29% para 2021

Anúncios