Siga-nos em

Buscas no site

Presidente Jair Bolsonaro
Presidente Jair Bolsonaro
Presidente Jair Bolsonaro Foto: PR/Alan Santos

BRASIL

Bolsonaro: “Sou o capitão, mas a capetada está se reunindo”

Presidente criticou matéria da Veja divulgando nomes supostamente cotados para vice-presidência

Presidente criticou matéria da Veja divulgando nomes supostamente cotados para vice-presidência

O presidente Jair Bolsonaro criticou, na manhã desta segunda-feira (6), uma publicação da revista Veja divulgando os nomes supostamente cotados por ele para a formação de uma chapa, para disputar as eleições de 2022. Ele negou que tenha definido qualquer nome e acusou a revista de “tentar atrapalhar”.

– Viu que a capetada está se reunindo aí, né? Eu sou o capitão, mas a capetada está se reunindo. Estão sempre tentando atrapalhar. A Veja [publicou que] eu já tenho um nome do Centrão para [as eleições de] 2022. Eu não tenho o nome de ninguém definido ainda, mas é o tempo todo – disse o presidente em conversa com apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada.

Bolsonaro disse ainda que acredita que os nomes tenham sido passados à revista por alguém interessado em ser escolhido.

– Aí tem gente que bota o nome lá, quem passa a matéria… Os nomes que estão lá, a princípio [estão por causa de] alguém que passou a matéria para se cacifar. Eu já falei que quem aparecer como se cacifando já está cortado. É sinal [de] que fala com a imprensa de forma não republicana – afirmou.

A matéria à qual Bolsonaro se refere foi publicada na última sexta-feira (3) com a seguinte manchete: Vice de Bolsonaro sairá de partido do Centrão – e corrida já começou. Os nomes listados pela Veja são o do ministro das Comunicações, Fábio Faria, e o do ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Ativismo esquerdista: Universidade federal “esconde” texto ‘Fora Bolsonaro’ em prova

Bolsonaro Garante: ‘Se reeleito, STF terá mais dois evangélicos’

Bolsonaro veta ex-secretário de Doria em cargo no governo

Bolsonaro quer alterar lei para decidir sobre passaporte vacinal


Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

BRASIL

Presidente afirmou que política de drogas ficou mais eficaz após saída do ex-ministro

BRASIL

Segundo o Presidente, estatal pagou R$ 100 bilhões em dívidas decorrentes de obras não realizadas

BRASIL

'Todos devem se lembrar que tínhamos algumas dificuldades no passado, por exemplo, a atuação o MST', disse

Notícias

Presidente indicou que irá vetar a proposta, caso seja aprovada

Anúncios