Siga-nos em

Buscas no site

Mortes De Idosos Vacinados Com Duas Doses Sobem 73% No Rio
Mortes De Idosos Vacinados Com Duas Doses Sobem 73% No Rio
Foto: Marcely Gomes / Semcom

BRASIL

Mortes de idosos vacinados com duas doses sobem 73% no Rio

Internações também tiveram alta de 104%; estado e prefeitura aguardam aval do ministério para 3ª dose

Internações também tiveram alta de 104%; estado e prefeitura aguardam aval do ministério para 3ª dose

O Rio de Janeiro tem visto as mortes e as internações de pessoas idosas que já tomaram as duas doses da vacina contra o coronavírus crescerem constantemente.

Os números estão subindo há cerca de um mês e meio e acendem um alerta para a necessidade de aplicação de terceira dose neste grupo.

Os óbitos dessa faixa etária passaram de 64 para 111, comparando a penúltima semana de junho e a segunda semana de agosto (uma alta de 73%). Já as hospitalizações cresceram de 166 para 339 no mesmo período (104%), segundo dados da Subsecretaria de Vigilância em Saúde do RJ filtrados pela reportagem.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Foram consideradas as mortes e internações de pessoas acima dos 60 anos por síndrome respiratória aguda grave (SRAG), nas datas em que elas ocorreram. As informações vêm do sistema federal Sivep-Gripe e não incluem as duas últimas semanas, para evitar atrasos nos registros.

A trajetória das duas curvas é parecida: elas sofrem um aumento do fim de março até meados de maio (durante o pico da doença neste ano), mas muito abaixo da curva total. Depois caem até o fim de junho, quando voltam a subir continuamente.

Com isso, a proporção de idosos com o esquema vacinal completo entre os casos graves vem subindo. Eles passaram de 7% dos mortos em meados de maio para 36% em agosto. Nas internações, foram de 12% para 31% no mesmo intervalo.

Propaganda. Role para continuar lendo.

A alta dos casos fatais entre idosos totalmente imunizados já vinha sendo notada pela pasta. Agora, os técnicos do estado estão tentando compreender se a principal causa é, de fato, a redução da imunidade entre os mais velhos, uma vez que eles foram os primeiros alvos da campanha.

As informações são do Portal O Tempo


‘Contestado, Doria culpa Anvisa por “CoronaVac 100% eficaz”

Coronavac: Jair Bolsonaro pede que Anvisa explique óbitos

Cidade de São Paulo vai lançar passaporte de vacinação digital

Mortes de idosos com duas doses da vacina da Covid sobem no RJ


Propaganda. Role para continuar lendo.
Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

MUNDO

Autoridades de saúde do governo chinês recentemente começaram a vacinar crianças de até três anos contra o coronavírus chinês, informou o China Daily na...

BRASIL

Resolução autoriza a retomada de julgamentos e outras atividades presenciais envolvendo público externo a partir do dia 3 de novembro

BRASIL

Durante entrevista a uma rádio, presidente rebateu uma polêmica envolvendo a vacina contra a Covid-19

BRASIL

Funcionários da administração pública são "obrigados" a se vacinar desde setembro

Anúncios