Siga-nos em

Buscas no site

Espião Americano Capturado Acusado De Suposta Conspiração Terrorista Na Venezuela
Espião Americano Capturado Acusado De Suposta Conspiração Terrorista Na Venezuela
Espião Americano Capturado Acusado De Suposta Conspiração Terrorista Na Venezuela

MUNDO

Venezuela: espião americano capturado acusado de suposta conspiração terrorista

Suposto espião foi acusado de um suposto plano terrorista para sabotar refinarias de petróleo e serviço elétrico a fim de causar distúrbios.

Suposto espião foi acusado de um suposto plano terrorista

CARACAS, Venezuela (AP) – O promotor-chefe da Venezuela disse na segunda-feira que um cidadão norte-americano recentemente preso no país como suposto espião foi acusado de um suposto plano terrorista para sabotar refinarias de petróleo e serviço elétrico a fim de causar distúrbios.

O homem, supostamente ligado à CIA, teve a ajuda de três conspiradores venezuelanos, que foram presos com ele na semana passada perto de duas refinarias de petróleo na costa norte do Caribe, disse o promotor-chefe da Venezuela, Tarek William Saab, à televisão estatal.

O escritório deu ao suspeito americano o nome de Matthew John Heath.

As autoridades disseram que os celulares retirados dos homens quando eles foram presos na semana passada incluem imagens de alvos suspeitos, incluindo uma grande ponte no estado de Zulia, instalações militares e refinarias de petróleo dilapidadas no estado de Falcon. O promotor mostrou fotos de equipamentos supostamente apreendidos do grupo, incluindo um lançador de granadas, explosivos plásticos, um telefone via satélite e uma bolsa de dólares americanos.

“Tudo aqui pode ser considerado uma arma letal destinada a causar danos e promover assassinatos, crimes contra o povo venezuelano”, disse Saab, que também acusou o homem de planejar a abertura de uma rota do narcotráfico pela Venezuela.

O presidente Nicolás Maduro anunciou na sexta-feira que um suspeito espião americano não identificado foi capturado, dizendo que ele era um fuzileiro naval e ex-agente da CIA no Iraque.

Heath foi acusado de terrorismo, tráfico de armas ilegais e conspiração, disseram as autoridades.

As autoridades norte-americanas não comentaram o caso. A Associated Press não conseguiu fazer contato imediato com Heath, um advogado ou parente que o representasse para comentar as acusações.

A prisão veio à tona no momento em que este país, outrora rico com petróleo, foi dominado por uma profunda escassez de gasolina que gerou filas de quilômetros de extensão para abastecer, mesmo na capital Caracas. A Venezuela também luta para fornecer eletricidade aos residentes, especialmente no estado de Zulia, que já foi um importante centro da vasta produção de petróleo do país.

Heath é acusado de ter como alvo as refinarias Amuay e Cardon – parte do enorme Complexo de Refinaria do Paraguai na costa norte do Caribe da Venezuela. No entanto, as refinarias deixaram de produzir gasolina e a Venezuela depende dos embarques do Irã, apesar de ter as maiores reservas de petróleo do mundo.

Ele é acusado de entrar ilegalmente na Venezuela, disse o promotor, acrescentando que não tinha passaporte, mas tinha uma cópia escondida em um de seus sapatos. Os três venezuelanos acusados ​​de conspirar com Heath incluem um oficial militar, disse Saab.

A investigação também resultou na prisão de outros quatro venezuelanos acusados ​​de ajudá-lo a entrar furtivamente no país vindo da Colômbia, disseram as autoridades.

Saab disse que Heath trabalhou no Iraque como especialista em comunicações três meses por ano de 2006 a 2016 para a MVM Inc., uma empresa de contratação de segurança privada com sede na Virgínia.

MVM forneceu uma declaração à AP dizendo que Heath “não é atualmente um funcionário ou contratado” da empresa.

A prisão ocorreu após uma incursão fracassada na praia no início de maio, que levou dois ex-soldados Boinas Verdes a uma prisão venezuelana por supostamente participarem de uma tentativa fracassada de derrubar o governo socialista.

Ataque fracassado na praia

Os dois ex-soldados das forças especiais dos EUA foram presos junto com mais de 80 rebeldes venezuelanos que realizaram um ataque fracassado na praia, denominado Operação Gideon, com o objetivo de prender maduro.

A operação montada em campos de treinamento improvisados ​​na vizinha Colômbia deixou vários rebeldes mortos. Foi orquestrado por Jordan Goudreau, cidadão americano e três vezes vencedor da Estrela de Bronze que serviu no Iraque e no Afeganistão.

Os ex-Boinas Verdes da força de Goudreau – Luke Denman Airan Berry Venezuela – foram condenados a 20 anos de prisão. As autoridades dizem que os dois homens confessaram fazer parte da trama.

Trump nega participação

Enquanto o governo Trump negou ter qualquer coisa a ver com a incursão desastrada de maio, Washington apóia o político da oposição venezuelano Juan Guaidó como o líder legítimo do país no lugar de Maduro.

Venezuelanos são obrigados a dormir nas ruas depois de inundações que devastam cidades

Maduro, da Venezuela, elogia assassino em massa comunista Mao Zedong

Suécia perto de vencer o coronavírus; nunca teve um bloqueio ou obrigação para usar máscara

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Útimas

noticias

As alterações serão aplicadas a anúncios em todas as páginas do Facebook e Instagram e entrarão em vigor imediatamente.

MUNDO

Métodos da China representam o futuro da opressão religiosa e serão replicados “em outros regimes autoritários ao redor do mundo”.

MUNDO

Reparações Aos Negros Americano Descendentes de escravos como uma consideração especial para afro-americanos descendentes de pessoas escravizadas nos Estados Unidos

OPINIÃO

Na visão comunista do Papa: Usar armas para se defender não pode! Mas deixar governos socialistas avançarem com agendas para assassinar bebês não tem...

MUNDO

Essas crianças Transgêneros são submetidas a cirurgias perigosas que alteram suas vidas em uma idade precoce, das quais muitos se arrependem mais tarde.

Você pode gostar

noticias

As alterações serão aplicadas a anúncios em todas as páginas do Facebook e Instagram e entrarão em vigor imediatamente.

MUNDO

Métodos da China representam o futuro da opressão religiosa e serão replicados “em outros regimes autoritários ao redor do mundo”.

MUNDO

Reparações Aos Negros Americano Descendentes de escravos como uma consideração especial para afro-americanos descendentes de pessoas escravizadas nos Estados Unidos

OPINIÃO

Na visão comunista do Papa: Usar armas para se defender não pode! Mas deixar governos socialistas avançarem com agendas para assassinar bebês não tem...