Siga-nos em

Buscas no site

Cristãos Proibidos De Realizar Vigílias De Oração E Protestos Pacíficos Perto Da Clínica De Aborto No Reino Unido
Cristãos Proibidos De Realizar Vigílias De Oração E Protestos Pacíficos Perto Da Clínica De Aborto No Reino Unido
Cristãos Proibidos De Realizar Vigílias De Oração E Protestos Pacíficos Perto Da Clínica De Aborto No Reino Unido

MUNDO

Cristãos são proibidos de realizar vigílias de oração e protestos pacíficos perto da clínica de aborto no Reino Unido

Pessoas são proibidas de orar, distribuir literatura pró-vida ou falar com qualquer pessoa sobre o aborto

Censura contra cristãos pró vida

O Conselho Municipal de Manchester aprovou uma ordem proibindo vigílias de oração e protestos pacíficos em torno da clínica de Marie Stopes, informou o Instituto Cristão na sexta-feira.

A Ordem de Proteção de Espaços Públicos (PSPO) estabeleceu uma zona tampão ao redor da clínica em Fallowfield, dentro da qual as pessoas são proibidas de orar, distribuir literatura pró-vida ou falar com qualquer pessoa sobre o aborto, medidas pró-vida que chamam de “draconianas” e uma violação da “liberdade de expressão”.

A única concessão feita pelo conselho é um pequeno espaço designado dentro da zona tampão onde não mais do que três pessoas podem se manifestar silenciosamente com pequenos cartazes.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Dentro de Área Restrita nenhuma pessoa “pode, nomeadamente se envolver em qualquer ato de aprovação / desaprovação ou tentativa de aprovação / reprovação, no que diz respeito a questões relacionadas a serviços de aborto por qualquer meio”, o PSPO lê . “Isso inclui, mas não está limitado a meios gráficos, verbais ou escritos, orações ou aconselhamento. ”

As pessoas também estão proibidas de exibir ou distribuir “qualquer texto ou imagem relacionada direta ou indiretamente com a interrupção da gravidez”, acrescenta a ordem.

Dentro da pequena Zona Designada nenhuma pessoa pode “exibir qualquer pôster, texto ou imagem individual, única ou coletivamente maior que uma folha de papel A3”, estabelece.

Propaganda. Role para continuar lendo.

O Diretor Internacional da 40 Dias pela Vida, Robert Colquhoun, disse que até agora as vigílias pró-vida sempre foram “pacíficas, orantes e legais”. Seu grupo cumprirá a lei, disse ele, mas continuará orando fora da zona tampão.

Marie Stopes International, uma das maiores provedoras de aborto do mundo, tem feito campanha por zonas-tampão em todas as clínicas de aborto na Grã-Bretanha, insistindo que “o Reino Unido é uma nação pró-escolha”.

“Somos uma nação firmemente pró-escolha, mas, infelizmente, uma pequena minoria de pessoas acredita no contrário e gostaria de ver o país dar um passo atrás em relação ao aborto”, escreveu o diretor administrativo da Marie Stopes no Reino Unido, Richard Bentley, no ano passado.

“Esses grupos antiaborto que se reúnem fora das clínicas têm um impacto prejudicial sobre as mulheres, membros de nossa equipe e residentes e, seja seu comportamento sutil ou aberto, é uma forma de discriminação contra as mulheres e assédio de rua direcionado”, disse ele.

O Instituto Cristão disse que o Manchester PSPO “poderia ser contestado no Tribunal Superior”.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Clínica de aborto mata 947 bebês em abortos todos os dias, 39 bebês a cada hora

Templo Satânico processa empresa de publicidade por recusa em exibir outdoors de ‘rituais’ de aborto

Médica abortista que se gabava de matar bebês antes que eles gritassem, tem sua licença médica suspensa


Veja também

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

BRASIL

"Temos de cortar essa palavra", disse Evandro Cini a Alexandre Borges

BRASIL

Caso aconteceu no Espírito Santo

BRASIL

Apoiadores de Bolsonaro ficaram indignados com a fala do poeta; confira

BRASIL

Deputada Ana Capagnolo (PL_ quer apurar as circunstâncias da interrupção da gravidez

Anúncios