Siga-nos em

Buscas no site

Deputada Alana Passos
Deputada Alana Passos
Deputada Alana Passos Foto: Alerj/Julia Passos

BRASIL

Deputada apresenta projeto para instituir “Dia do Orgulho Hétero”

Proposta pede que data seja incluída no calendário oficial do estado do Rio de Janeiro no terceiro domingo de dezembro

Proposta pede que data seja incluída no calendário oficial do estado do Rio de Janeiro no terceiro domingo de dezembro

A deputada estadual Alana Passos (PSL-RJ), integrante da base apoiadora do presidente Jair Bolsonaro na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), apresentou nesta quinta-feira (11) um projeto de lei (PL) que pede a criação do “Dia do Orgulho Hétero” e a inclusão da data no Calendário Oficial do Estado. O PL já está tramitando na Casa após publicação no Diário Oficial.

No texto do projeto, a parlamentar descreve que a data seria comemorada anualmente no terceiro domingo de dezembro. Em sua justificativa, Passos destaca que a proposta tem como objetivo garantir ao cidadão o direito de se manifestar pacificamente e afirmar seu orgulho em ser heterossexual.

– Devemos respeitar todas as pessoas. Cada ser humano pode fazer o que quiser com seu corpo, mas não posso concordar com a apologia ao homossexualismo e sua imposição à sociedade – escreve a deputada.

Em um outro trecho da proposta, a deputada estadual afirmou ainda que “determinados grupos preferem estardalhaços em locais públicos, na internet, nos meios de comunicação e até em panfletos, com objetivo de divulgar o homossexualismo” e que tais grupos “comportam-se de forma inadequada, com intuito maior de provocar e chocar as pessoas ao seu redor”.

Propaganda. Role para continuar lendo.

– [Esses grupos agem] Muitas das vezes agredindo verbalmente aqueles que não concordam com suas ideias, impondo o aceite de determinado tipo de comportamento, se dizem socialmente discriminados, mas, na verdade, discriminam aqueles que não concordam com suas convicções e opiniões – completa.


Filme da Marvel com beijo gay é banido em países do Golfo

Em nova série, boneco Chucky mata para defender amigo gay

Lacração: Doritos México lança comercial de fantasmas gays em homenagem ao “Dia de los Muertos”

Caso Maurício: Eduardo Bolsonaro critica a ‘militância gayzista’


Veja também

2 Comentários

2 Comentários

  1. Getúlio Holmes

    12/11/2021 em 5:25 pm

    Não tem nada mais importante para se preocupar no Rio de Janeiro cara Deputada???

  2. FATIMA REGINA PRIMO DOS SANTOS

    12/11/2021 em 4:32 pm

    É isso aí! Se eles podem ter o chamado orgulho gay, nós também podemos ter o nosso orgulho hetero! Direitos iguais!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

BRASIL

Após se posicionar “contra a ideologia de gênero", Maurício Souza foi afastado do vôlei profissional e decidiu se candidatar a deputado pelo partido de...

BRASIL

A advogada Amanda Marques fez um vídeo em que aponta irregularidades na cartilha distribuída em uma escola pública do Distrito Federal

MUNDO

A Exxon Mobil não pretende hastear uma bandeira LGBTQ em frente aos escritórios corporativos em junho durante o mês do orgulho, de acordo com...

MUNDO

"Mas sabe quem foi Albert Einstein", disse Henry Bugalho

Anúncios