Siga-nos em

Buscas no site

Em SC, Escola É Criticada Por Promover Ideologia De Gênero
Em SC, Escola É Criticada Por Promover Ideologia De Gênero
Em SC, Escola É Criticada Por Promover Ideologia De Gênero

BRASIL

Em SC, escola é criticada por promover ideologia de gênero

Atividade foi alvo de muitas polêmicas nas redes sociais a respeito do conteúdo

Atividade foi alvo de muitas polêmicas nas redes sociais a respeito do conteúdo

Uma atividade promovida pela Escola de Educação Básica Henrique Liebl, em Rio Negrinho, Santa Catarina, foi duramente criticada por cidadãos da comunidade local por promover uma atividade com temática LGBT. A denúncia foi repassada para a deputada estadual Ana Campagnolo (PSL-SC), que encaminhou o fato ao Ministério Público.

Em uma publicação feita pela parlamentar em suas redes sociais, é possível perceber um registro fotográfico da escola, no qual dois alunos aparecem confeccionando faixas fixadas nos degraus de uma escada. Na estrutura em questão é possível ler os termos: “sou bissexual, assexual, transexual, gay, lésbica”.

Na postagem, Campagnolo destacou que seu gabinete foi acionado por vários cidadãos catarinenses. Diante do fato, ela protocolou, no início da tarde de sexta-feira (16), um requerimento encaminhado ao Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) em que questionava quais medidas que seriam tomadas diante do fato.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Nas redes sociais, a escola se posicionou sobre o fato. Em nota, a direção do estabelecimento de ensino alegou que “em nenhum momento foi imposto a ideologia aos alunos” e declarou que o projeto “foi uma abordagem de entendimento e de escolhas às adversidades”. A gestão do local ainda pediu desculpas aos que se sentiram ofendidos.

Já o professor responsável pela atividade, que emitiu seu posicionamento em uma carta aberta publicada na página da escola, disse que o projeto foi desenvolvido “dentro dos preceitos educacionais da temática diversidade humana/cultural” e alegou que a proposta de abordar o tema LGBT partiu “dos próprios alunos”.


McDonald’s coloca livro com tema ‘LGBT’ para crianças no Mac Lanche Feliz

Rússia alerta Disney a não distribuir “Out”, curta com personagem gay, no país

Sikêra Jr. processa Neto e exige retratação formal da Band

Sikêra Jr. sobre comercial LGBT do Burger King: “Raça desgraçada”


Propaganda. Role para continuar lendo.
Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

BRASIL

Cerimônia de entrega ocorreu menos de 10 dias depois da invasão e depredação da Aprosoja

BRASIL

Anderson Campos se referiu à apresentadora como "assediadora de menores"

BRASIL

Médico afirmou que "a dependência de drogas é um problema médico, não de polícia"

MUNDO

Personagem participa de manifestações junto ao seu parceiro

Anúncios