Siga-nos em

Buscas no site

Lobby Dos Cartórios Quer Promover Protestos Em Massa No Meio Da Pandemia
Lobby Dos Cartórios Quer Promover Protestos Em Massa No Meio Da Pandemia
Lobby Dos Cartórios Quer Promover Protestos Em Massa No Meio Da Pandemia

BRASIL

Lobby dos cartórios quer promover protestos em massa no meio da pandemia

Jogada é cobrar dos cidadãos novas taxas para aumentar abusivamente os lucros dos cartórios

Jogada é cobrar dos cidadãos novas taxas para aumentar abusivamente os lucros dos cartórios

A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Enquanto o mundo se livra dos cartórios e o Banco Central luta para reduzir o “custo Brasil”, o lobby do setor quer afundar o País ainda mais no atraso que representa a “indústria da desconfiança”.

Até pautou no Senado a votação de projeto permitindo protesto em massa de consumidores, ao legitimar cobranças proibidas pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Propaganda. Role para continuar lendo.

Como sempre, a jogada é impor aos cidadãos novas taxas para aumentar artificial e abusivamente os lucros dos cartórios.

Em plena crise, com muitos desempregados, o projeto oportunista dos cartórios os autoriza a promover protestos de forma massificada.

O CNJ proibiu os cartórios de fazer os consumidores pagarem serviços de uma “Central Nacional de Serviços Eletrônicos Compartilhados”.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Conselheiros do CNJ perceberam que a jogada era fazer o consumidor pagar serviços que a tal “central” na verdade presta aos cartórios.

Os cartórios ignoraram a proibição do CNJ e continuaram fazendo a cobrança ilegal. Agora quer mudar a lei para “legalizar” a jogada esperta.


Absurdo: Sindicato pede que fábrica da LG em Taubaté seja estatizada

FGV: Alta de 1,4% no PIB mostra que economia continua a crescer

Queiroga diz em CPI que Brasil não está na terceira onda da pandemia

Bolsonaro critica Barroso por ter aceitado petição do PSOL


Propaganda. Role para continuar lendo.
Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Artigos

Era quase a mesma coisa há 35 anos, quando o pânico em relação à AIDS estava sendo alardeado por cientistas em proporções globais e...

Artigos

O forte aumento nas taxas de pobreza deve-se à perda de horas de trabalho à medida que as economias travaram, à perda total de...

MUNDO

O movimento pode afetar a Minerva, que lidera o abate de gado na Argentina

BRASIL

“Demos mais um azar aí”, afirmou Bolsonaro sobre a Crise Hidrológica

Anúncios