Siga-nos em

Buscas no site

Silveira Sobre STF Quem São Eles Para Colocarem Mordaça
Silveira Sobre STF Quem São Eles Para Colocarem Mordaça
Silveira Sobre STF Quem São Eles Para Colocarem Mordaça

BRASIL

Silveira sobre STF: “Quem são eles para colocarem mordaça?”

Deputado federal prestou novo depoimento na Câmara

Deputado federal prestou novo depoimento na Câmara

O deputado Daniel Silveira (PSL-RJ) afirmou nesta terça-feira (18) que os ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) atuam com “mau-caratismo” e colocam “mordaça” sobre sua liberdade de expressão. Deputados e senadores também estão inclusos, para o parlamentar.

A declaração foi dada durante depoimento virtual ao Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara dos Deputados. Ele responde a processo por quebra de decoro parlamentar, de relatoria do deputado Fernando Rodolfo (PL-PE).

– Quem são eles para calarem a sociedade ou colocarem o adubo do medo ou mordaça em cima de uma coisa chamada liberdade de expressão? É direito inalienável, imprescritível e inarredável em qualquer país que viva em uma democracia, o que me leva a crer que não temos de fato uma democracia, mas somente no papel, somente a quem convém – declarou o deputado.

Silveira ainda argumentou em defesa da inviolabilidade material dos parlamentares.

Propaganda. Role para continuar lendo.

– A inviolabilidade material dos senadores é absoluta sim, não cabe a deputado, senador ou ministro do supremo interpretar um texto expresso constitucional, isso além de absurdo chega a ser oligofrênico, chega a ser ineptidão, desconhecimento da causa. A minha opinião é que é um absurdo uma grande falta de conhecimento técnico ou mau-caratismo – acrescentou.

Daniel Silveira está detido desde de fevereiro, por ordem de Alexandre de Moraes, após ter publicado um vídeo com xingamentos e acusações contra integrantes do Supremo.


Ativismo Judicial: Juristas esquerdistas citam “doença mental” e pedem afastamento de Bolsonaro ao STF

PT reclama no STF que governo é ‘hostil’ a diplomatas de Maduro

PF pede ao STF abertura de inquérito contra Dias Toffoli por supostos repasses ilegais ao ministro por venda de decisões

Jacarezinho: polícia crítica “ativismo judicial” e diz que cumpriu protocolos do STF


Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

BRASIL

Requerimento da CPI da Covid representa "uma afronta à liberdade de expressão", diz o documento

BRASIL

Congressista também criticou estratégia que promoveu troca de congressistas que eram favoráveis à medida

MUNDO

Os manifestantes anti-lockdown foram proibidos de se reunir em Berlim no fim de semana por juízes que argumentaram que as manifestações podem espalhar o...

BRASIL

De acordo com o ministro, indicação ocorreu fora do momento processual adequado

Anúncios