Siga-nos em

Buscas no site

A Venezuela Afirma Que A Explosão De Uma Usina De Gás Natural Foi Um 'ataque Terrorista' Contra Uma Empresa Estatal De Energia Sancionada
A Venezuela Afirma Que A Explosão De Uma Usina De Gás Natural Foi Um 'ataque Terrorista' Contra Uma Empresa Estatal De Energia Sancionada
A Venezuela Afirma Que A Explosão De Uma Usina De Gás Natural Foi Um 'ataque Terrorista' Contra Uma Empresa Estatal De Energia Sancionada

Notícias

A Venezuela afirma que a explosão de uma usina de gás natural foi um ‘ataque terrorista’ contra uma empresa estatal de energia (VÍDEOS)

“Esta ação terrorista afetou o centro de operações em El Tejero que serve como uma usina de injeção de gás e, graças a Deus, não há registro de vítimas deste ataque”, disse o ministro do Petróleo

O ministro do petróleo venezuelano disse que a poderosa explosão e incêndio de uma usina de gás no sábado foram resultado de um ataque terrorista.

A usina pertence à estatal de energia (PDVSA), que foi sancionada pelos EUA.

As imagens supostamente filmadas na cidade de El Tejero, no nordeste do país, mostram uma explosão poderosa e chamas brilhantes subindo para o céu.

O site de notícias venezuelano El Tiempo disse que o fogo foi tão forte que os bombeiros lutavam para se aproximar do local, enquanto os agricultores locais temiam que o incêndio pudesse se espalhar para as instalações de petróleo próximas.

Propaganda. Role para continuar lendo.

“Esta ação terrorista afetou o centro de operações em El Tejero que serve como uma usina de injeção de gás e, graças a Deus, não há registro de vítimas deste ataque”, disse o ministro do Petróleo, Tareck El Aissami.

El Aissami acrescentou que as sanções contra a estatal de petróleo e gás PDVSA se intensificaram no ano passado.

Autoridades venezuelanas disseram anteriormente que terrorismo e sabotagem foram as razões por trás dos incêndios e explosões na refinaria de petróleo Amuay em 2020 e em uma planta de enchimento de gás natural em Ocumare del Tuy em 2019.

Os EUA impuseram sanções à PDVSA em 2019 como parte de sua campanha de ‘pressão máxima’ contra o governo venezuelano liderado pelo presidente Nicolas Maduro, que afirmou repetidamente que Washington está planejando sabotagem e um golpe para tirá-lo do poder.

Propaganda. Role para continuar lendo.

A Casa Branca apóia abertamente o principal oponente doméstico de Maduro, Juan Guaido, eleito “presidente interino” pelo parlamento controlado pela oposição em 2019. Maduro denunciou essa designação como ilegal.

Fonte: rt


A revolução socialista espera que os idosos venezuelanos vivam com R$ 3,60 por mês

‘Paraíso Socialista’: A pandemia dificulta a vida de jovens catadores de lixo na Venezuela

O combustível limitado da Venezuela é de qualidade tão ruim que está causando danos CATASTRÓFICOS em motores

Maduro da Venezuela: Mark Zuckerberg é um ‘abusador’ por censurar cura ‘milagrosa’ do Coronavírus


Propaganda. Role para continuar lendo.

Veja também

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

MUNDO

Custo dos itens essenciais no país chegou a 459,84 dólares no mês de junho

BRASIL

Ele concorrerá ao cargo de deputado federal pelo estado de SP

BRASIL

Presidente afirmou que "não podemos aceitar passivamente aqueles que querem impor sua vontade sobre nós"

BRASIL

Presidente Jair Bolsonaro fez críticas a três países vizinhos

Anúncios