Siga-nos em

Buscas no site

Covid Ilustração
Covid Ilustração
Covid Ilustração - Foto: Pixbay

Artigos

Covid: anticorpos são produzidos mesmo em assintomáticos, diz estudo

Pesquisa mostra que ampla resposta imunológica contra Covid-19 pode ocorrer em casos leves, tendo produção de anticorpos em assintomáticos

Pesquisa mostra que ampla resposta imunológica contra Covid-19 pode ocorrer em casos leves, tendo produção de anticorpos em assintomáticos

Uma ampla resposta imunológica contra a Covid-19 pode ser adquirida mesmo em casos leves da doença, indica um estudo americano publicado no final de dezembro de 2021. Além disso, os pesquisadores descobriram que homens e mulheres produzem anticorpos de forma diferente para combater o coronavírus.

No levantamento, publicado na revista científica Journal of Translational Medicine, os cientistas identificaram que vários tipos de anticorpos produzidos pelo organismo começaram a ser produzidos já no início da infecção. O trabalho foi conduzido pelo Hospital Cedars-Senai, nos Estados Unidos.

As descobertas sugerem que o Sars-CoV-2 desencadeia um complemento de resposta imune que persiste ao longo do tempo, atuando independentemente da gravidade da doença. Antes do estudo, só se tinha certeza que casos graves de Covid-19 geram a produção de anticorpos no organismo humano.

Propaganda. Role para continuar lendo.

De acordo com os cientistas, o trabalho relata não apenas a presença de anticorpos elevados após infecção leve ou assintomática, mas sua persistência ao longo do tempo.

Para o site do hospital Cedars-Senai, a cientista Justyna Fert-Bober comentou que as diferenças de resposta imunológica podem estar implícitas na forma como desenvolvemos os sintomas. “Essas descobertas ajudam a explicar o que torna o Covid-19 uma doença especialmente única”, afirmou

O documento também mostra que as células de proteção trabalham de maneira diferente para cada sexo, sendo a amplitude dos anticorpos contra a Covid-19 maior em mulheres assintomáticas do que em homens. Já para casos leves, a resposta imunológica foi maior para eles.

Propaganda. Role para continuar lendo.

A análise utilizou 91 antígenos, substância que desencadeia a produção de anticorpos. Entre os homens assintomáticos, a reatividade de anticorpos aconteceu para 28% dos antígenos, enquanto para as mulheres foi de 72%. Em pessoas com sintomas leves, os anticorpos dos homens passaram a ser produzidos em contato com 64% dos antígenos, sendo que para o público feminino a porcentagem foi de 36%.

Métodos

Os pesquisadores investigaram a produção imunológica de 177 profissionais de saúde que foram previamente infectados pelo coronavírus. Os dados foram comparados aos do grupo controle, que incluiu 53 pessoas saudáveis.

As pessoas infectadas foram classificadas em relação à gravidade da doença, tendo como base os sintomas relatados por cada indivíduo durante seis meses. Ao todo, 23 participantes estavam assintomáticos e 64 com sintomas leves. Outras 90 faziam parte do grupo com sintomas mais que leves por apresentarem mais de sete sinais diferentes da doença.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Estudo: Anticorpos “defeituosos” causam 20% das mortes por Covid

Os anticorpos para covid permanecem estáveis e até mesmo aumentam, sete meses após a infecção

Vacinada com duas doses: Modelo Valentina Boscardin, de 18 anos, morre de Covid-19

Doria espera liberar CoronaVac para crianças nesta semana


Veja também

1 Comment

1 Comment

  1. Maria S Guedes

    13/01/2022 em 9:01 pm

    Onde posso verificar a donte das informações, por favor?

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

MUNDO

Estudo sobre o tema foi publicada na revista The Lancet Gastroenterology & Hepatology

MUNDO

Paciente assopra um tubo, resultado sai em menos de três minutos e acerta 91% dos casos positivos

BRASIL

Educador foi advertido e pode ser afastado

MUNDO

Tão longa quanto um amendoim, a bactéria pode ser o link perdido na evolução de células complexas

Anúncios