Siga-nos em

Buscas no site

A Cadeia De Suprimentos Está Quebrada E A Escassez De Alimentos Chegou
A Cadeia De Suprimentos Está Quebrada E A Escassez De Alimentos Chegou
A Cadeia De Suprimentos Está Quebrada E A Escassez De Alimentos Chegou

Artigos

A cadeia de suprimentos está quebrada e a escassez de alimentos chegou

A guerra lançada contra a economia por governos estaduais deixou milhões de brasileiros sem trabalho

Pós pandemia

Há vários meses, quando começaram as quarentenas no início da histeria do COVID-19, quando fábricas, centros de distribuição e até fazendas fecharam sob o pretexto de “achatar a curva”.

Como resultado, os Brasileiros descobriram que faltavam artigos de primeira necessidade nas prateleiras pela primeira vez em anos. Itens como desinfetante para as mãos e lenços umedecidos estavam, naturalmente, fora de estoque.

Logo, outros itens também ficaram mais caros

As pessoas começaram a notar a carne e até mesmo os vegetais enlatados, óleo e o arroz logo subiram muito de preço nas prateleiras. A maior parte disso foi simplesmente o resultado da compra em massa devido ao pânico, embora os “distribuidores” fossem culpados por “estocar”. Portanto, pessoas que não estavam se preparando de repente foram pegas com as calças abaixadas.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Mas essa não é toda a história

Instalações de manufatura e embalagem e matadouros foram fechados devido a reações intrusivas de governadores e prefeitos totalitário a uma suposta pandemia. Combinado com compras em maiores quantidades devido ao pânico, a capacidade desses fornecedores de substituir o que foi vendido foi drasticamente reduzida. Como resultado, os consumidores foram obrigados a estocar produtos que já estavam escassos. Essa situação agravou: uma coisa puxando a outra. O auxilio emergencial disponibilizado pelo governo federal ajudou a contribuir com o aumento nos preços de itens de primeira necessidade. Pessoas trancadas em suas casas tendem a comer mais.

Ainda estamos enfrentando essa escassez, embora ela seja mais bem disfarçada. Como qualquer pessoa que faz compras regularmente, você pode encontrar o que precisa, mas talvez seja necessário pagar mais caro pelo arroz que antes da pandemia estava pela metade do preço comparado ao valor que é vendido atualmente nos supermercados.

A guerra lançada contra a economia por governos estaduais deixou milhões de brasileiros sem trabalho

Agora, quando a maioria das pessoas racionais ficaria feliz em ter um emprego em meio a um desemprego tão alto, muitas pessoas resolveram impedir que outras pessoas pudessem trabalhar para que a roda da economia voltasse a girar novamente.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Os trabalhadores de repente começaram a se organizar, fazer greve e sair do trabalho convenientemente quando o suprimento de comida já estava quebrado. Os funcionários dos Correios são um exemplo, em plena pandemia, resolveram fazer greve. Essas pessoas, na verdade, deveriam agradecer por estarem trabalhando quando muitas famílias estão com seus provedores desempregados.  

Embora tempos extraordinários gerem reações extraordinárias, essa reação de determinadas classes de trabalhadores não pode passar despercebido.

Ao mesmo tempo, testemunhamos fazendas despejando milhares de galões de leite no ralo, produtores de carne matando animais e enterrando-os e fazendeiros destruindo plantações em todo o país e no mundo.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Há duas razões para isso

Em primeiro lugar, grandes produtores não gostaram de ter um excesso de seus produtos no mercado e ver os preços cair.

Em segundo lugar, com as medidas totalitárias forçando o fechamento de restaurantes em todo o país, muitas fazendas e produtores perderam uma grande parte de seu mercado, destruindo-o assim.

Um governo genuinamente preocupado com a saúde de seu povo teria comprado aquela produção e distribuído ou armazenado.

Propaganda. Role para continuar lendo.

De fato, a administração Bolsonaro tentou isso com muito pouco sucesso e alto custo. O auxilio emergencial ajudou muitas famílias a não passarem fome. Mas o estrago no abastecimento de alimentos já foi feito.

Basta dar uma olhada no mapa nos incêndios que parecem seguir para o pantanal, queimando fazendas ao longo do caminho para ver que a cadeia alimentar experimentará ainda mais problemas.

Mas enquanto os esquerdistas afirmam que os incêndios são o resultado natural da “mudança climática” e os conservadores culpam a falta de manejo florestal adequado (o que tem algum mérito), ambos ignoram completamente o fato de que existem pessoas criminosas ateando fogo no pantanal e na Amazonas.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Repetidamente, incendiários estão sendo presos por iniciar incêndios, embora o motivo não seja claro.

No momento, não podemos dizer com certeza.

Mas o que podemos dizer com certeza é que o próximo ano não será nada bom.

Propaganda. Role para continuar lendo.

A escassez de alimentos está chegando e essa situação não está muito longe.

Você não tem muito tempo antes que itens que agora você pode comprar possam subir ainda mais de preço nas prateleiras.

Essa é a ciência dos governadores e prefeitos…

Propaganda. Role para continuar lendo.

Suécia perto de vencer o coronavírus; nunca teve um bloqueio ou obrigação para usar máscara

Venezuela: não há solução para a escassez de gasolina no país socialista

Uma escassez de eletrodomésticos está afetando o país – e as vendas do Dia do Trabalho devem ser mais uma grande vítima.


Veja também

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

BRASIL

"Temos de cortar essa palavra", disse Evandro Cini a Alexandre Borges

MUNDO

Custo dos itens essenciais no país chegou a 459,84 dólares no mês de junho

BRASIL

Caso aconteceu no Espírito Santo

BRASIL

Apoiadores de Bolsonaro ficaram indignados com a fala do poeta; confira

Anúncios